PREFEITURA DE ZÉ DOCA DESCUMPRE ACORDO JUDICIAL E SERVIDORES DA EDUCAÇÃO SÃO PREJUDICADOS

Política
De acordo coma as informações colhidas, percebeu-se que o município de Zé Doca descumpriu acordo homologado na “Quinta-feira, 19 de janeiro de 2017” que diz que:

1. O Município faria o pagamento na totalidade dos vencimentos do mês de dezembro
 De todos os servidores do quadro de apoio da Educação, que corresponde a 274 funcionários; no prazo de até 48 h;

Entretanto, foi descumprido o acordo. Pois muitos servidores que deveriam receber seus salários normais, receberam apenas R$ 800,00.

2. Que os demais (professores) servidores lotados na secretaria de educação receberiam a quantia de R$ 800,00 no prazo de até 48 horas, e o restante do valor seriam pagos em 6 (seis) vezes mensaisiniciando em janeiro de 2017 e findando-se em junho de 2017;

    Aqui, é importante destacar que no item 2 somente alguns funcionários receberam e que a Justiça não determinou nenhuma data específica para os próximos pagamentos, deixando a prefeitura à vontade para efetivar os pagamentos em qualquer data, e por esse motivo, já existem muitos servidores em situação desagradável, que além de ter que colocar todos os dias a comida suas mesas, além de outros compromissos mensais e sem dinheiro não dá para ficar.

3) O município de Zé Doca, apresentou justificativa para a impossibilidade de pagamento cumulativo das folhas de pagamento dos servidores da educação, referentes aos meses de meses de dezembro de 2016 e janeiro de 2017, pelo fato de a previsão de receitas do Município ser menor que o valor das referidas folhas de pagamento. Dada a palavra à representante do Ministério Público, está se manifestou nos seguintes termos: 
"o Ministério Público concorda com a proposta apresentada e opina 
Pela homologação do acordo judicial celebrado." Ato contínuo foi proferida a seguinte.
Assim, a mesma Justiça que anteriormente havia determinado o pagamento na integralidade pela ex. gestão, devido bloqueio nas contas públicas em novembro de 2016, reformulou sua decisão firmando acordo com a nova gestão sobre o débito existente, referente aos salários dos servidores da educação.
Mas será que o município já possui receita suficiente para cumprir os pagamentos?

De acordo com nossa pesquisa, já!

No dia 01 de fevereiro o município recebeu um valor de 

R$ 3. 206. 733, 20. Veja a foto abaixo:

Fonte: BB

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Topo